Faça já o modelo de negócio para a sua imobiliária. Amanhã é tarde.

Já ouviu falar em Modelos de Negócios?

Ideias de negócio é o que mais há, mas, se fosse fácil, todos éramos milionários. Não faça como a maioria dos empresários que abrem as portas das suas imobiliárias, tentam copiar os outros (concorrentes) e esperam convictos que tudo irá dar certo.  Isso, é um verdadeiro tiro no pé.

O mercado imobiliário normalmente é apetecível, mas a realidade é  diferente do que parece. Vamos a um exemplo:

Imagine que gosta do sector imobiliário, tem algum jeito na área comercial, e, um belo dia, vê no noticiário das 20 horas uma notícia que dá conta de uma valorização no imobiliário em cerca de 15% num só trimestre. O mal foi ver a notícia, porque a partir daquele momento começou logo a fazer mal as contas; na sua cabeça, a primeira conta que fez foi: se eu vender 4 apartamentos por mês com um valor médio de 150000€ cada, dará uma comissão de 30000€ por mês (aplicando a percentagem de 5%).

Está tudo mal. Não só não vai ganhar boas comissões, como vai ter muitas dificuldades no negócio. Este é um ramo de atividade muito competitivo, agressivo, pouco ético e com muita deslealdade entre todos os players.

Então como se faz?

Muitos potenciais empresários e mesmo alguns gestores com experiência, têm muitas dúvidas na hora de montar os seus negócios, e acabam sempre focados naquilo que pensam ser mais urgente. As prioridades acabam sempre por ser estabelecidas pelas atividades mais práticas mas, a longo prazo, pode significar grandes problemas para os seus negócios/imobiliárias.

A solução e um dos primeiros passos (indispensáveis) à criação de uma empresa de mediação imobiliária será a modelagem e planeamento através da criação de um modelo de negócio.

Mas o que é um modelo de negócio?

O “modelo de negócio” é a visão integrada do processo de identificação e utilização de recursos empresariais, competências, comunicação, parcerias, etc, para criar e entregar valor aos seus clientes. Ou, dito de outra forma mais prática, é a montagem das etapas que compõem a forma como a sua imobiliária vai trabalhar e ter lucro.

Os principais pontos abordados no modelo de negócios são:

  • Segmentos de clientes
  • Proposta de valor
  • Canais
  • Relações com clientes
  • Rendimentos (lucros)
  • Estrutura de custos (custos da empresa)
  • Atividades chave
  • Recursos chave
  • Parcerias

Todos estes pontos deverão ser acautelados e devidamente planeados. O seu estudo assertivo irá permitir ao empresário ter uma ideia clara da dificuldade ou não que o negócio irá enfrentar no futuro.

Depois do modelo de negócio é fundamental elaborar o plano do negócio. Com este documento o empreendedor/empresário/gerente irá perceber qual a viabilidade económica-financeira do negócio.

Em conclusão

Não basta ter a ideia de abrir uma imobiliária. Devemos ter algumas certezas de como o negócio se vai comportar e se terá ou não o retorno financeiro esperado.

Ajuda?

Pode contar connosco. Temos muita experiência no setor imobiliário [Fale connosco AQUI]

    • Carlos
    • 25 Outubro, 2018
    Responder

    Existe algum modelo de negócio específico e plano de negócio para esta área? Obrigado

      • Amilcar Lopes
      • 25 Outubro, 2018
      Responder

      Obrigado Carlos pelo seu comentário. O Modelo do Negócio cabe a cada empreendedor/empresário definir. Só depois de ter encontrado um bom modelo de negócio, deverá então partir para a elaboração do plano de negócio e analisar a viabilidade do mesmo.
      Um modelo de negócio não deve ser tipificado. Aliás, se verificar o funcionamento das imobiliárias em Portugal, todas trabalham da mesma forma, todas utilizam os mesmos canais de comunicação, todas utilizam os mesmos portais para divulgação de imóveis, todas utilizam os mesmos CRM’s, poucas têm planeamento estratégico próprio, praticamente nenhuma tem planeamento em marketing digital, etc, sinal claro que não têm qualquer tipo de modelo de negócio, ou melhor, seguem os modelos uns dos outros. Mesmos nas agências franchisadas isto verifica-se, os empresários são formatados para terem um determinado comportamento e dali não saem.
      Um bom Modelo de Negócio é aquele que se diferencia dos concorrentes, que tem uma proposta de valor compensadora para o cliente, que optimiza processos, etc, etc …

    • Carlos
    • 24 Julho, 2018
    Responder

    Boa tarde
    Estou decidido a abrir uma imobiliaria, pois já estive no ramo da construção civil durante 17 anos, mas não sei qual a melhor opção, se é através de franchising ou não.
    Carlos Brás

      • Amilcar Lopes
      • 25 Julho, 2018
      Responder

      Carlos, obrigado pelo seu comentário.
      Não é fácil responder à sua dúvida. A resposta será “depende”.
      Se optar por um franchising terá a vantagem de aprender e aproveitar alguma “expertise” com a marca, mas os custos serão relativamente elevados e estará sempre a contribuir para o crescimento de uma marca que nunca será sua.
      Se optar por criar a sua própria marca, estará a criar um ativo seu e só seu e quando bem trabalhado terá muito mais valor do que um franchising.
      Isto é só uma opinião.

Gostou? Deixe-nos a sua opinião

Contabilidade para a sua Imobiliária

"100% Online"

Quer Abrir Uma Imobiliária?

Pin It on Pinterest