O que é uma fatura simplificada?

Lembra-se das vendas a dinheiro? Desapareceram.

Agora existem as faturas simplificadas.

Com Decreto-Lei nº 197/2012, em vigor desde Janeiro de 2013, apareceu a fatura simplificada que veio substituir as antigas vendas a dinheiro.

A grande diferença entre fatura simplificada e fatura normal, é o pagamento/recebimento da transacção.

A fatura simplificada só é processada e utilizada se o cliente pagar imediatamente a compra que está a realizar. Era o que se passava com as extintas vendas a dinheiro. Se não houver a liquidação imediata da transacção, então o comerciante deverá passar uma fatura normal emitindo o respectivo recibo quando o cliente liquidar a o valor em dívida.

Por outro lado, a fatura simplificada possui um limite de valor, que varia mediante a área de atividade do sujeito passivo.

Para retalhistas e vendedores ambulantes é permitida a emissão de faturas simplificadas a não sujeitos passivos (consumidor final), desde que o valor da transacção não seja superior a 1.000,00€. Para as restantes atividades é permitida a utilização da fatura simplificada desde que o montante não ultrapasse aos 100€.

Numa fatura simplificada:

  • não é obrigatório incluir todos os dados do cliente
  • não serve para guia de transporte
  • não pode ser utilizada em operações isentas de iva ou inseridas em alguns regimes especiais
  • só pode ser emitida no ato da compra

Conclusão

Existem muitos comerciantes que erram todos os dias na hora de escolher o documento a entregar ao cliente. É um muito … muito comum.

Compreenda exatamente quais os documentos que deve utilizar nas suas vendas ou prestações de serviços. Os clientes vão olhar para si como um bom profissional.

Não sabe ?

Existem comerciantes que processam faturas simplificadas para todos os seus cliente, consumidores finais ou não. Não o deve fazer. Sabe porquê?

Caso o seu cliente seja outro comerciante ou empresário, essas faturas simplificadas que lhe entrega, não servirão para contabilidade deles porque trata-se de documentos incompletos.

O que vai acontecer é o cliente pedir-lhe novo documento.

Tem dúvidas [ Fale connosco AQUI »» ]

Gostou? Deixe-nos a sua opinião

Pin It on Pinterest