Abrir salão de beleza?

Este é um negócio de sucesso, seguramente. Mulheres, homens, crianças, pais, mães, avós, a beleza está por todo o lado. Até os nossos animais de estimação são cada vez mais belos.

Beleza

Existem várias definições de beleza, mas no fundo a beleza refere-se a tudo aquilo que se mostra atrativo, sugestivo e que desperta emoção. É algo que chama a atenção.

A beleza está por todo lado, mas nós, neste artigo, vamos falar da beleza, como atividade profissional, queremos ajudar pessoas a abrir negócios nesta área. 

Será um bom negócio trabalhar em beleza?

É inevitável, o ser humano é vaidoso por natureza, uns mais, outros menos, cada um terá a sua dose. A beleza em cada um de nós, é perceptível, na roupa, no carro, no telemóvel, no computador, na casa, etc… cada vez mais cultivamos a beleza como uma forma de vaidade, ou talvez não, cada um saberá dar o seu próprio significado ao belo. 

Clientes existem! Estando assim aberto o caminho para o sucesso. Vamos então agora falar nalguns pontos para abrir um salão de beleza com sucesso.

Tipos de salões de beleza

O conceito de beleza é tão amplo, que qualquer empreendedor da área poderá focar-se só em determinados nichos.

  • Salão de beleza feminina: é o mais criado mas existe sempre espaço para mais um. Afinal, hoje todas as mulheres tratam de si.
  • Salão de beleza masculina: está em franco crescimento e a prova disso é que existem cada vez mais marcas de cosméticos a lançarem produtos exclusivamente masculinos na área da beleza. E as marcas normalmente sabem o que fazem …
  • Salão de criança: não é muito usual, mas um nicho a explorar. Um salão especializado em beleza infantil será bem sucedido e neste momento parece-nos pouco concorrido.   
  • Salão para animais de estimação: está provado que as pessoas cuidam dos seus animais de estimação como se de um filho se tratasse. Imagine um salão de beleza para humanos, mas com uma seção para animais. Já imaginou?  

Abrir salão de beleza

Cabe ao empreendedor estudar quais os nichos que quer investir, nós na ContaOnline, só queremos ser parceiros nos números do negócio, queremos ajudar o negócio a crescer em parceria com o empresário, mostrando-lhe todos os meses a evolução da sua empresa. Uma empresa só será verdadeiramente bem sucedida quando gerar tanto dinheiro ao ponto do empresário não saber que destino lhe dar (ao dinheiro, claro). 

Existem alguns pontos que vai ter que estudar muito bem antes de abrir o seu negócio de beleza.

Tipo de serviço 

Analise bem que tipo de serviços quer ter ou vai oferecer aos seus futuros clientes. Existe a tendência de ter o máximo de serviços possíveis no mesmo espaço, mas, por vezes, não funciona. Conhece a regra dos 80/20?

Oitenta por cento da sua faturação será obtida só de vinte por cento dos seus serviços. Irá ter oitenta por cento de serviço que vão gerar pouca receita. Estude muito bem estas situações, menos é mais, e porquê ter muitos serviços se não geram receita.

Tipo de público

Antes de abrir o seu salão de beleza, identifique com que público quer trabalhar. 

O pensamento do empresário é sempre ter o máximo de clientes da sua zona, mas este é um pensamento errado, porque é impossível (quando um pescador sai para a faina, não vai trazer todas as espécies de peixe que existem no mar). 

A sua cidade ou região será simplesmente a área geográfica e dentro desse perímetro estarão os seus potenciais clientes, aqueles que lhe vão gerar rendimentos. 

Os seus clientes serão aqueles que lhe vão consumir os tais 20% de serviços que lhe vão gerar 80% de rendimentos, identifique-os.

Localização

A escolha do local onde instalar o espaço, dependerá em parte, dos serviços que vai oferecer e do tipo de clientes que quer trabalhar. Se apostar num cliente jovem (dos 20 aos 40 anos, por exemplo) não precisará de ter um espaço muito central nem muito visível. Com um marketing digital eficiente conseguirá atrair os clientes, afinal, basta estar no écran de cada smartphone, e essa, será a sua maior montra.

Canais de comunicação e relacionamento

Faça uma aposta forte em canais de comunicação. Hoje o digital é indispensável.

Pense muito bem como vai captar e reter clientes, como se vai relacionar com eles. Crie uma plataforma própria como um site ou blog e utilize as redes sociais para atrair para lá seus potenciais clientes. A comunicação é muito importante, não deve desprezar esta etapa, nunca.

Gastos fixos

Faça uma relação de todos os gastos que irá precisar para que o negócio funcione, irá assim perceber, se o negócio é ou não viável. Alguns desses gastos serão fixos e mensais, outros serão variáveis, tudo dependerá das tarefas e parceiros que irá necessitar. 

Alguns gastos fixos, serão:
  • Renda ou prestação do espaço
  • Software / crm
  • Salários
  • Comunicação
  • Água
  • Electricidade
  • Contabilidade
  • Marketing
  • Seguros
  • Licenças e taxas
Gastos varíaveis:
  • Matérias primas / produtos consumidos
  • Subcontratos
  • Serviços especializados
  • etc ….

Rendimentos

Defina muito bem os preços a praticar por cada serviço. Os rendimentos têm que ser suficientes para cobrir os gastos fixos e variáveis e libertarem todos os anos dinheiros para reinvestimento no negócio (fluxos de caixa) e ainda, gerar lucro em quantidade suficiente para distribuir pelos sócios.

Se o negócio não conseguir se auto sustentar, gerar lucros e fluxos de caixa, então a empresa não é viável.  

Viabilidade

A melhor forma de perceber a viabilidade do investimento, é realizar o plano de negócio. É uma ferramenta muito útil para não errar ou pelo menos minimizar os erros na hora de investir/implementar o novo negócio.

Em conclusão

A beleza é de fato uma área com enorme potencial. Invista sem medo, ou melhor, invista de forma racional.

Gostou? Deixe-nos a sua opinião

Contabilidade

Fazemos a sua contabilidade de forma totalmente digital, sem papel e à distância

Trabalhe Connosco

Envie-nos o formulário abaixo, vamos falar.

Pin It on Pinterest