8 dicas para abrir um restaurante com pouco dinheiro

Clientes não faltam e com uma boa gestão, é possível.

Sim, é possível abrir um restaurante com pouco dinheiro. No entanto, pouco dinheiro não quer dizer trocos, vai sempre necessitar de alguns recursos financeiros para poder consolidar o novo negócio de restauração nos primeiros meses de atividade. 

Clientes não faltam. Esta é a grande certeza desta área de negócio, todos nós, seres humanos, comemos todos os dias. Por isso existem restaurantes por todo lado. 

Temos, nos dias que correm, restaurantes que só se dedicam a nichos, como por exemplo: comida saudável, vegetariana, massas, hamburgeres, comida africana, mexicana, fast food, etc … , e outros totalmente tradicionais. O que todos têm em comum é que para funcionarem precisam de dinheiro.

Para abrir um restaurante, além do investimento inicial, normalmente bastante significativo, será necessário assegurar vários serviços que também irão necessitar de dinheiro: contratação de pessoal, comunicação, contabilidade, marketing, seguros, etc … 

Um grande erro dos empresários que têm pouco dinheiro, é avançarem na esperança do negócio começar logo a faturar o suficiente para as despesas normais do negócio. Mas, isto por vezes não acontece.

 Cada negócio é único, cada empresa terá sua própria identidade.

Pela nossa experiência, vamos enumerar 8 dicas que não deverá ignorar na hora de abrir o seu restaurante…
  1. Espaço físico
  2. Delivery ou em português, entrega de comida ao domicílio
  3. Seja realista, não sonhe alto
  4. Opte por uma ementa pequena
  5. Marketing e atração de clientes
  6. Especialize-se, adquira conhecimento
  7. Cuidado com as modas
  8. Controle todos os números do seu restaurante

1 – Espaço físico

Tente encontrar um espaço que já esteja equipado. Seria uma grande ajuda quando escasseiam os meios financeiros, no entanto, a renda do espaço poderá ser um pouco maior, porque, além do imóvel o empresário estará também a pagar o aluguer do equipamento. 

2 – Delivery ou em português, entrega de comida ao domicílio

Atualmente, a palavra delivery é muito usada no âmbito de restaurantes, que entregam comida em casa das pessoas, para que elas não tenham que cozinhar nem se deslocar aos restaurantes.

Existem restaurantes que abrem simplesmente com este conceito, não têm sala física para comer refeições nem espaços muito grandes, alguns têm simplesmente uma cozinha poupando milhares de euros em rendas e alugueres.

3 – Seja realista, não sonhe alto

Não pense, nem sonhe muito alto. Se o seu orçamento é limitado, porquê pensar num grande restaurante?

Faça o planeamento para um pequeno espaço, à medida das suas economias, e, com uma boa gestão, passo a passo, rapidamente se tornará num grande restaurante. Vamos repetir: com uma boa gestão.

4 – Opte por uma ementa pequena

Quantas vezes entramos num restaurante e vimos uma ementa com 10 folhas. Isto é um engano, não só para o empresário, como para o cliente. Dê uma imagem verdadeira do seu negócio ao seu cliente, mostre-lhe a verdadeira especialidade do seu restaurante. Quem quer fazer tudo, não faz nada bem.

5 – Marketing e atração de clientes

Hoje em dia, não precisa ter muita visibilidade física para atrair clientes, precisa sim, ter uma visibilidade digital, 100% trabalhada para atração. Este ponto é muito importante. Se conseguir chegar rapidamente aos smartphones das pessoas, mais rapidamente conquistará novos clientes.

6 – Especialize-se, adquira conhecimento

Não basta saber cozinhar ou ter algum jeito na cozinha. Um negócio necessita de muito mais para nascer, crescer e manter-se viável.

Faça cursos, workshops, aprenda sobre um pouco de todas as matérias que irá necessitar para o seu negócio. Conhecimento não ocupa lugar e mesmo que subcontrate a maior parte das tarefas do seu restaurante, é sempre bom perceber um pouco de empresas e negócios.

7 – Cuidado com as modas

Como já referido acima, existem muitos nichos no mercado das comidas. Alguns deles, são verdadeiras modas, que desaparecem, mais dia menos dia. Pode ser a ruína da empresa, não entre em modas, arrisca-se a perder rápidamente o pouco dinheiro que investiu no seu negócio. 

8 – Controle todos os números do seu restaurante

Como em todos os negócios, um restaurante precisa de gestão.

O sucesso está nos números e deve controlá-los dia a dia. Leu bem? Dia a dia!!

  • Se descobrir (através dos números) que 80% da sua faturação vem simplesmente de 20% dos seus pratos, que pergunta faz a si próprio?
  • Se descobrir que com apenas 50€ por mês em marketing, consegue aumentar a sua faturação em 50%, é bom ou mau?
  • Se descobrir que fazendo um pequeno stock de produtos no restaurante dá-lhe muito mais vantagens económicas, que ir todos os dias aos supermercados comprar produtos. Será verdade?
  • Se descobrir que a sua margem comercial não é suficiente para o lucro que pretende. O que faz de seguida?
  • Se descobrir que os números são a sua única e preciosa ajuda. Vai acreditar?

Com pouco dinheiro, é possível? …

Claro que sim. Pode perfeitamente começar o seu negócio de restauração com pouco dinheiro, basta para isso, abrir do jeito certo, planear tudo, muito bem, servir bem o cliente, medir os resultado todos os meses …, e, ao longo da jornada, ir resolvendo ou ajustando processos para otimizar o negócio.

Não tenha medo, siga …

Gostou? Deixe-nos a sua opinião

Contabilidade

Fazemos a sua contabilidade de forma totalmente digital, sem papel e à distância

Trabalhe Connosco

Envie-nos o formulário abaixo, vamos falar.

Pin It on Pinterest